IMPORTANTE: O Banco de Séries não serve para assistir séries! Somos uma rede social onde os fãs de séries podem controlar os episódios que assistiram, dar notas, comentar, criar sua agenda, saber quando passa o próximo episódio. Somos totalmente contra a pirataria e não disponibilizamos conteúdo que fere direitos autorais.

Dark By Johnathan Fernandes





Episodio 1x1 - Nota 8.5

Retornando aqui para ver se consigo passar do piloto e seguir com a série. Gosto muito de séries de mistério, principalmente quando se passam em cidades pequenas, então, com todo o hype e discussões em cima da série, eu tinha que dar mais uma chance.
Bom, gostei muito mais revendo agora do que na primeira vez que eu vi. Eu realmente terminei o episódio com vontade de seguir adiante. Com isso, objetivo principal alcançado, hehehe. No entanto, o principal problema que percebi em minha primeira experiência com a série, foi o mesmo que percebi agora: são muitos personagens! Claro, isso é algo subjetivo, algumas pessoas podem não ter visto problema algum nisso. É que eles foram aparecendo e aparecendo e só lá pela metade que eles vão se interligando, e mesmo assim, se você não estiver prestando bastante atenção, você pode perder muita coisa. Acho que, tirando esse fator, a série flui bem e vende bem sua ideia.
Em contrapartida, o ponto mais positivo que enxerguei aqui foi as contantes sugestões com o elemento tempo. Em várias vezes eles brincaram com isso e reforçaram que o tempo e o centro dessa história. Por exemplo, a citação de Einstein na abertura do episódio, e a canção, cuja a letra brinca com questões de tempo, tocando na televisão. Achei isso tão bacana, principalmente porque foi algo apenas subjetivo e jogado pra você pensar. Uma dica do que pode vir pela frente. Claro que por estar vendo BEM depôs do hype, eu já tenho uma ideia de como esse elemento pode se apresentar na história. Então, ansioso estou.
Sobre as comparações com Stranger Things, sinceramente não achei nada a ver. As duas séries, pra mim, se assemelham única e exclusiva na temática de cunho misterioso e por se passarem em uma cidade pequena. Fora isso, achei bem forçada essa comparação.
PS1: pensei que o filho que desapareceu iria aparecer junto com o garoto raptado no cativeiro. Onde está esse menino, já que ele não é o garoto morto que foi encontrado?
PS2: o garoto encontrado morto teve os olhos violados, e quando vemos a cena final o raptor estava meio que vendendo os olhos do garoto ruivo. Fiquei intrigado com isso, será que que têm algo a ver?
PS3: pra quem já leu muitos livros de mistério sabe que nada é apresentado na narrativa a toa. A usina vai ser um elemento chave nessa história, essa é a minha aposta.
PS4: a série abre com o suicídio e a a série carta misteriosa, e e depois mostra a mulher lendo essa carta e nem pra eles nos darem uma dica do que tinha naquela carta. Que raiva! Como que em apenas um episódio atiçarem tanto nossa curiosidade e não darem nada nada pra molhar o bico? kkk
PS5: fiquei com pena da diretora do colégio que está sendo traída e ainda pensa que a amante é sua amiga. Há falsianes entre nós.
2018-07-13 21:45:41


Episodio 1x2 - Nota 9

Tá muito bom!!! Dois episódios e a cabeça já está fritando buscando entender os mistérios de Winden.
Acredito que esse homem misterioso encapuzado que apareceu na cidade seja o irmão do Urilch. Quando mostrou a mulher lá (ah, desculpa mas eu ainda não gravei os nomes dessses personagens, porque são muitos e muito difíceis) mexendendo nos brinquedos, tinha um com capuz. Achei que poderia ser uma alusão ao misterioso personagem.
No episódio passado falei que o tempo parece ser o elemento central dessa trama, e esse episódio só confirmou isso. A caverna me parece ser um portal de viagem do tempo e o tal homem encapuzado me pareceu o mesmo que está com o Erick no cativeiro usando aquela tal máquina.
Aliás, o que intrigou também foi saber que o menino morto veio dos anos 80 e me parece que é o mesmo ano que o irmão Urilch desapareceu, ou seja, que baita quebra cabeça é essa série!
Pra complicar, Jonas ainda me encontra um mapa sinistro no porão da casa, adicionando ainda mais mistério no suicídio do cara e na tal carta.
Nem preciso dizer que esse marido da Charlotte tá entregando que sabe de muita coisa. Como entender tudo isso? Bom, não sei, só sei que adoro quando uma série faz isso comigo.
2018-07-14 14:30:21


Episodio 1x3 - Nota 9

O que mais me empolga em Dark é que ela é uma série de mistério que não fica só adicionando perguntas sem apresentar algo de concreto. Muito pelo contrário,mesmo sem entregar nada de bandeja ela se importa em lhe dizer peças importantes pra compreender a narrativa. Por exemplo, em apenas três episódios já sabemos que estamos diante de uma porta que permite a viagem no tempo, que o que aconteceu no passado é o mesmo que esta acontecendo no presente, sendo o lapso temporal de 33 anos uma constante entre os eventos (alguem mais se lembrou de IT - a coisa de Stephen king?), sem contar no cuidado dos roteiristas em estabelecer as conexões entre os habitantes, tornando todos interessantes e importantes para a trama.
A ambientação no anos 80 foi ótima, bem como conhecer Cláudia e reafirmar que a Usina aparentemente é a chave de tudo. Minha teoria aqui é que experimentos foram feitos ali, fugiram do controle, causando impacto ambiental (o que explicaria os pássaros e as ovelhas mortas) e aberto a ruptura temporal que permite transitar entre tempos. Sim, posso errar tudo, mas a gente tenta né?
PS1: por que diachos a Charlotte guarda pássaros mortos no freezer? Cada vez mais empolgado com essa série, e isso é tão bom.
2018-07-14 15:05:07


Episodio 1x4 - Nota 9

HAHAHAHA, e eu achando que iria ganhar mais repostas com esse episódio, fez foi bagunçar ainda mais a minha cabeça.
Ok, pelo menos parte do comportamento do Peter deu pra sacar. Ele e Charlotte meio que estão separados, visto que dormem em quartos separados, mas está claro que ele não está estranho apenas por isso, afinal, Charlotte tem uma boa pergunta: o que ele estava fazendo quando foi flagrado com o carro pela câmera?
Adorei a Elizabeth, tão pequena mas cheia de personalidade. Morri quando ela contou do namoradinho da escola kkkkkkkkkk. Decida essa criança, amei. Mal resolveu direito o desaparecimento das duas crianças e me desaparece outra. Sim, o namoradinho da Elisabeth foi-se. Agora, quem é esse Noah? Não é o mesmo cara de capuz, é? Gente, tô confuso!!!
Falando nele, o que ele quer tanto com o Jonas, deu mô medo com esse homem aparecendo no quarto do Jonas.
Enfim, um bom episódio, mas que só serviu pra complicar ainda mais a minha mente do que clareá-la. Dark está se tornando muito boa em fazer isso por sinal!!!!
2018-07-18 18:44:08


Episodio 1x5 - Nota 10

“Já ouviu falar do ciclo de 33 anos? Nosso calendário está errado, o ano não tem 365 dias. Estamos sempre fora do ritmo. Mas a cada 33 anos, tudo volta ao normal. As estrelas, os planetas, todo o universo fica exatamente na mesma posição. É o ciclo solar. Meu avô era obcecado pelo Big Bang e pelo Big Crunch. O Eterno Retorno de Nietzsche. Quando era criança, eu sempre achei que havia algo de errado com Winden. Tenho a mesma sensação agora. Que tudo se repete. Que tudo isso já aconteceu. Como um grande déjà vu”
CARALHOOOOOOOOOO!!!!! Então quer dizer que o Mikkel é o Michael? GENTE, EU NÃO ESTOU A-C-R-E-D-I-T-A-N-D-O!!!! Isso não foi só um plot twitst, isso foi um plot twist duplo carpado cravado bem na minha cara!!!!! Por essa não esperava. Minha cabeça chega deu um curto -circuito e tá toda fudida tentando entender essa série.
Se no episódio passado eu reclamei de ter tido pouca resposta, nesse eles jogaram respostas na minha cara, além é claro de adicionar mais algumas perguntas para desgraçar ainda mais minha cabeça. Também pudera, senão não seria Dark, né meus amigos?
Finalmente pude descobrir o que tinha escrito naquela maldita carta, mas eu não estava preparado sério. Provavelmente, Michael/Mikkel tinha que se suicidar antes do Mikkel nascer. Então, teoricamente o que estávamos vendo é um clico de vida. Se eu entendi certo, então Jonas é filho de Mikkel, com Ulrich sendo seu avô, ele estava pegando a própria tia? Ô louco!!! Essa série bagunçou minha mente. Gente, surreal.Aliás, com isso, Jonas desponta como um personagens mais interessantes na série. O quão impressionante foi o diálogo dele com o homem misterioso encapuzado, no banco em frente a igreja. Acredito que ele esteja transitando entre o presente e o passado, porque ele afirmou para Jonas que seu pai salvou sua vida. Será que ele é o irmão do Ulrich?
Nesse episódio, Charlotte falou algo bem bacana (sua fala inicia esse comentário) sobre o lance do número 33, o que me levou a pensar que possa ser o tempo que demora para essa cadeia/ciclo de eventos se completar? Não estou entendendo, mas eu estou amando demais essa série. FODA, FODA, FODA!!! Só queria ser mais inteligente para entender esses paranauês de viagem no tempo, hehehe.
Ah, o episódio ainda abordou mais tal mistério Noah, que me fez ficar de queixo caído, porque o diacho do homem também me aparece tanto em 1986, quanto em 2019. Quem é ele? O que ele quer? E o que ele quer justo com o Bartosz, que até então não tinha tanta importância na narrativa até esse episódio.Ufa, com tanta informação nesse episódio, ficou difícil recuperar o fôlego.
PS1: Hannah se elevando na categoria bitch da vez e sendo bitch tanto em 1986, quanto em 2019. O que me deixou mais impressionado, na verdade, foi que eu realmente fiquei na dúvida se ocorreu o estrupo ou não, porque aquela cena da Katharina com o olho roxo abriu breja para dúvidas. Mas, a pergunta é: qual é a conexão disso com o plot principal?
2018-07-18 19:08:11


Episodio 1x6 - Nota 8.5

Que coragem do Jonas de se enfiar naqueles espaços estreitos daquela caverna, me dá uma agonia daquilo. E puff, ele foi para 1986. Agora me pergunto o porquê o homem encapuzado queria que ele descobrisse a passagem, já que se ele trazer Mikkel, ele muda o passado e, consequentemente, deixa de existir? Hum... perguntas e mais perguntas.
Pelo visto a infidelidade está no sangue, porque o pai do Ulrich também pulava a cerca justamente com a mãe da Regina. Mais uma vez eu errei completamente em minhas teorias e não previ que o menino morto que veio de 1986 era o irmão do Ulrich. Como que esse menino veio morto lá do passado, gente? Que bizarro. É incrível, porque ao mesmo tempo que Dark te responde perguntas que foi deixando em aberto ao longo dos episódios, a resposta abre a mais perguntas. Acho que é isso que torna essa série tão viciante.
PS1: eu escolhi odiar Hannah. A vaca além de acusar o Ulrich( que também não tem muito a minha simpatia) de estrupo, ela ainda colocou a culpa na Regina! Putz, que filha da mãe.
PS2: Fiquei incomodado do Ulrich reconhecer o irmão somente agora, achei que demorou demais, visto que ele teve contato com o corpo desde o começo.
PS3: fiquei com pena duas vezes nesse episódio: uma pelo câncer,e outra pela surra que ela levou da Katharina. Aliás, Katharina quis bater mesmo, hein. Mas cê tá brava?
2018-07-18 22:29:54


Episodio 1x7 - Nota 8.5

Essa série é a série das revelações e dos plot twists, né?
Helge é um personagem que desde o começo é enigmático e a série precisava abordar mais sobre ele. Gente, ele meio que está ligado aos desaparecimentos e com o dito cujo, vulgo Noah, que por sinal, tem uma tatuagem bem maneira nas costas mas que não deixa de ser bizarra também. Eu fiquei bem confuso, porque ele está com o Noah em 1986, mas antes ele aparece em 1953, ou seja, se não bastasse duas linhas temporais, Dark acaba de acrescentar mais uma pra bagunçar ainda mais a minha cabeça. Valeu, hein!!! Não, ele falando para o Ulrich: "eu posso mudar o passado", WTF!!!! O que isso quer dizer? Uma coisa é certa, o moço do capuz e o tal Noah, podem andar pelas linhas temporais sem envelhecer nem nada. Agora, o que eles querem?
PS: a bendita criatura do Jonas, me vai e queima a carta. Aquela carta que criaram um puta mistério em cima durante vários episódios,saca? Pô, parece até trolagem com a nossa cara hahahaha.

2018-07-18 22:51:11


Episodio 1x8 - Nota 10

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH me segura que eu estou entendendo Dark!!!! Ah, garoto, finalmente um episódio que foi extremamente didático e cheio de diálogos explicativos, servindo para clarear meus pensamentos a cerca da narrativa, e acredito que de muita gente também.
Lá no começo da série comentei sobre o cuidado da produção de ir entregando pequenos easter eggs que poderiam ser usados nas justificativas dentro da narrativa. Um deles é a teoria da Ponte de Einstein-Rosen, várias vezes mencionada na trama e mais uma vez abordada nesse episódio. Em resumo, a teoria nada mais é que um buraco de minhoca que liga essas três linhas temporais. As três unidades de tempo coexistem e podem entrar em conflito.
Então, temos três anos abordados na série: 2019, 1986 e 1953, representando futuro, presente e passado, respectivamente. Pelo menos , foi assim que eu entendi. O legal foi que, até esse episódio, eu estava imaginando que o ano de 2019 era o presente, quando na verdade o presente é 1986, ano esse em que vemos aquela conversa entre o estranho viajante do tempo e H. G. Tannhaus, autor do livro.
Fazerem Ulrich viajar no tempo até o passado, vulgo 1953, foi genial. Abriu espaço pra discutir uma frase dita nesse episódio: "Será que é possível mudar algo?". E o que vemos aqui é basicamente isso, Ulrich tomando uma atitude para tentar impedir que o que acontece no futuro. Devo dizer que fiquei extremamente chocado com a cena em que ele apedreja o garoto. Além de não imaginar que ele teria coragem de fazer aquilo, achei bem brutal a forma que ele fez. Ou seja, será que esse evento é como se fosse o estopim? Ulrich, de certa forma, é o causador de tudo? Neste caso,o futuro influenciando o passado!!!!!!!!
Cara, eu estou muito extasiado com essa série. Sério, o cara que pensou e escreveu isso, com uma riqueza de detalhes e eventos cirurgicamente bem orquestrados, deveria ganhar um prêmio. De verdade, indescritível a sensação de completa euforia que eu fiquei quando terminei esse episódio. É o famoso "blows my mind".
PS1: uma das coisas mais interessantes desse episódio foi mais uma discussão em torno do número 33. E foi dito:"Não tem a ver apenas com a sincronização das rotas da Lua e do Sol, mas também dos 33 milagres que Jesus fez, ou as 33 litanias dos anjos… ou a idade em que o Anticristo começa a reinar". Quando ele terminou de falar essa ultima frase, cortou para Noah. O que me deixou intrigado e viajando na maionese. Cheguei até a pensar que ele fosse o próprio diabo, hehehe.
PS2: o pássaros mortos tinham conexão com o Helge, choquei!

2018-07-19 20:57:44


Episodio 1x9 - Nota 8.5

Como penúltimo episódio, achei esse um pouco inferior aos que vieram anteriormente. Porém, algumas coisas foram bem interessantes.
Ulrich burro, começou o episódio achando que conseguiu mudar tudo, mas na verdade percebeu que não. Tá perdido legal.
Os acontecimentos de 1986, foram o que mais intrigaram. Primeiro ver o Noah com o Helge, no quarto estranho lá do primeiro episódio. Além dele fazer uma revelação de que também está construindo uma máquina. What? Ele também quer fazer algo com as linhas temporais, mas diante do fato que a série está me vendendo o personagem como um mega evil, julgo que seus objetivos não são nada bons. Plus a isso, lá em 2019, o dito cujo novamente aparece para o Bartisz, e fico sabendo que ele lhe fez uma proposta. Que proposta foi essa?Pois é, quero saber. Expliquem a caralha desse homem!!! Por favor, Dark, nunca te pedi nada!!!!
Ah, eu A-D-O-R-E-I a Katharina indo tirar satisfações com a Hanna e sambando na cara dessa vagabunda. Katharina desde 1986 se provando uma que sabe ser bruta quando quer. Tô garrando um ódio dessa Hanna. Ela indo lá Alexsander e fazendo a mega evil me fez revirar os olhos. "Quero que você destrua o Ulrich", sério ? Bitch, please. Melhore!


2018-07-19 22:11:32


Episodio 1x10 - Nota 10

Ô louco, que season finale foi essa?!!!
Caraca, como eu não percebi que o estranho viajante do tempo na verdade é o Jonas?!!! Pior que ele parece mesmo o Jonas mais velho. Nossa, fui muito burro.
Tanta coisa aconteceu nessa season finale que nem sei o que dizer. O Peter rezando no bukker e do nada o Mads morto vai parar lá. E tem alguma coisa com religião envolta nisso daí, gente. O Noah vem levando o Helge no papo com esse lance de que é a vontade de Deus e tal: "Você não é o escolhido, ele não quer salvar o mundo do mal, Ele é o mal". Será que vai ter algo de religião no meio disso? E, gente, eles precisam explicar esse homem, porque não estou entendendo qual é o objetivo dele. Btw, que cena foda do Helge de 2019, indo confrontar o Helge de 1986.
Os efeitos das aberturas temporais ficaram show de mais, com destaque pra quando o Helge de 1953 fica cara a cara com o Jonas, descobrindo assim, como o Helge foi parar no quarto da tortura. Aliás, o Noah é macabro mesmo hein, só queria saber que teste é esse que ele faz com os garotos.
E o final, com Jonas em 2052, foi arrebatador. Bicho, quero muito ver como vai ser com ele nesse mundo todo fudido, pelo menos foi o que pareceu. Ahhhhhhhhhhhh, quero logo a segunda temporada, Netflix!!!!

2018-07-20 21:12:31


Episodio 2x1 - Nota 8.5

"Coincidências não existem. Cada caminho é predeterminado. Tudo acontece quando deveria acontecer. Na hora certa. No lugar certo. Como se o mundo fosse um tapete coberto por uma teia de fios infinitos. Cada um em seu lugar. Mas poucos de nós sabem para onde estamos indo."

Já tinha me esquecido de como eu fico loucão tentando entender tudo, lembrar de todos os nomes e de todas as conexões entre as famílias dessa série, hehehe.
Chocado que a líder lá do futuro é a filha da Charlotte, como se não tivesse como não ficar ainda mais complicado, né Dark?
Que creepy esse cara com a cara toda cicatrizada, hein. Aliás, Adam é outro nome bíblico, mostrando o quanto a história de Dark tem influencia religiosa também.
Nossa, não estou entendendo nada da parte envolvendo a Bernadette, assim como ainda não peguei a importância do Bartosz para os planos do Noah.

2019-06-25 19:58:31


Episodio 2x2 - Nota 8.5

Claudia chocando a própria Claudia.
A caracterização de Winden de 2052, toda destruída, é muito boa. Ficou com um ar bem distópico mesmo. Btw, estão dando muito enfoque naquela guria do futuro, que é meio que o braço direito da Elizabeth, estou achando que ela deve ter alguma conexão com a Charlotte, talvez. Muito provavelmente estou viajando, mas a gente tenta, né?
Chocado com o plot do Ulrich
2019-06-25 21:37:34


Episodio 2x3 - Nota 8.5

WTF, a Agnes é irmã do Noah?
Socorro que a Claudia do futuro saiu visitando praticamente todo mundo nesse episódio. Por que o Noah ficou tão chocado com o conteúdo das páginas? Será que ele tem algum parentesco com a Charlotte?Btw, adorei que Claudia do futuro não perdeu a oportunidade de dar uma sambadinha, brincando que o Noah não sabe jogar o próprio jogo, algo assim rsrsrs.
Achei foda toda essa explicação sobre o paradoxo de Bootstrap.
2019-06-26 20:34:00


Episodio 2x4 - Nota 9.5

PERA, O QUÊ????????????????? O Adam é Jonas, e o Jonas é o Adam? WTF, o que diabos está acontecendo? Será que o Adam, vulgo Jonas ficou com a cara toda cicatrizada porque ficou indo entre as timelines 485 mil vezes? E, gente, se o Adam é o Jonas, então o Jonas de 2020 tá mentindo para todo mundo? Nossa, tá cada vez mais difícil saber quem é a falsiane desse rolê.
Só sei que tadinho do Jonas, é muito sofrimento para uma pessoa só.
Chorando que praticamente o elenco todo agora sabe do buraco de minhoca, de máquina do tempo e dos pranauês todos. A cara que a Katharina fez para Hannah me deu a impressão que ela iria pular no pescoço dela a qualquer momento kkkkkkkkkkkkk.
Será que o Clausen reconheceu a Claudia de 1986?
2019-06-26 20:40:18


Episodio 2x5 - Nota 9.5

" Deus é o tempo, e o tempo não tem misericórdia. Nós nascemos e nossa vida já está correndo como os grãos nessa ampulheta. A morte está sempre à nossa frente. Nosso destino não é nada além de uma cadeia de causa e consequência. Na luz e na sombra."

Olha, nessa série eu já não acreditaria em mais nada que falassem para mim. Se mais tarde revelarem que Adam, vulgo Jonas tá manipulando a si mesmo enquanto a si próprio, não vou ficar nada surpreso.
Então o Noah é mesmo pai da Charlotte? Entendi direito, produção? Gente, quem será que é a mãe dela?
Morri que somente agora que a Katharine jogou na cara da Hannah que ela pegou o marido e o filho dela kkkkkkkkkkk. Antes tarde do que nunca. E, não, Jonas, acho que Hannah escolheria o Ulrich.
Nossa, está me dando muita pena do destino do Ulrich, bicho. Pensa ele ter encontrado o Mikkel depois de tanto tempo, depois viu os filhos dele tudo e o povo dando ele como louco.
Charlotte: "Eu acho que tudo isso tem alguma coisa a ver comigo", pois é, amiga, eu também estou achando hein, rsrsrs.

PS: Adam manda Jonas ir se vestir e o que está lá a espera dele? Isso mesmo, um casaquinho amarelo kkkkkkkkkkkk
2019-06-26 22:03:20


Episodio 2x6 - Nota 10

Sabia que o Adam estava na verdade manipulando o Jonas, cantei essa pedra no episódio passado. Cara, me dá até agonia de ver o Jonas achando que vai conseguir encontrar uma origem e no fim só se decepcionando. O negócio é cíclico, não tem começo nem fim. Quem diria que foi o próprio Jonas que levou o Mikkel para a boca da caverna, ou que Michael só se suicidou após encontrar o próprio Jonas, que lhe passou todas aquelas informações? Bizarro!!!
Esse episódio foi destruidor. Tem coisa mais emocionante que a cena do Jonas abraçando o pai? Desconheço.
Cada fim de episódio é um plot twist diferente. Quer dizer que o Magnus sobreviveu ao Apocalipse? E quem é aquela mulher que aparece do lado dele?
Não sei mais em quem confiar, porque nesse episódio eu fiquei com uma sensação estranha quando a Claudia do futuro apareceu e falou da importância do Jonas contra Adam e tal, mas sei não hein. Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

2019-06-27 22:19:40


Episodio 2x7 - Nota 8.5

SOCORRO! Eu estava aqui na maior teoria de que o Ulrich iria matar o Egon e na verdade foi a Claudia! Chocado estou.
Gente, o que a Hanna foi fazer em 1954???? WTF, mulher, por que tão bitch!!!! Acho que o Jonas é mais pé frio dessa série, mais o Ulrich não fica muito atrás, né? Sai pra lá, zica!
E, gente, e o plot do Clausen? What? Quem é esse irmão? Tô só esperando o plot twist acontecer, rsrsrs
2019-06-27 22:19:55


Episodio 2x8 - Nota 10

Nesse momento estou olhando para o teclado sem saber o que digitar. Antes de tudo eu tenho que gritar: ESSA SÉRIE É UM HINOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

"A pergunta não é de que tempo, é de que mundo" PÁH, todas as definições de cabeça explodindo foram atualizadas com sucesso. Caralho, se eu já fico confuso com várias tempos diferentes, imagina agora com multiverso. VOU FICAR LOUCO!!!!
Fiquei chocado que Elizabeth é mãe da sua própria mãe, e Charlotte é filha da sua própria filha. Quê? hahahaha meu, casos de família real nessa série. Ô louco, pode se esperar de tudo nessa série, porque realmente de um tudo pode acontecer.
Quero a terceira temporada, Netflix! Por favor!!!!!!!
2019-06-27 22:20:10



Obs:Precisa de mais de 5 comentarios para aparecer o icone de livro no seu perfil. Colaboradores tem infinitos icones de livrinhos, nao colaboradores tem 5 icones de livrinho do perfil

Johnathan Fernandes

Copyright© 2019 Banco de Séries - Todos os direitos reservados
Google+ | Índice de Séries A-Z | Contatos: | DMCA | Privacy Policy
Pedidos de Novas Séries